Pois é, semana passada lá nos EUA começou a 5ª temporada da séria que me alimenta meu vício ultimamente: HOUSE!



É uma série excelente! Tudo bem que tem coisas que são bem repetitivas.

Para explicar a série é só colocar nesse "Gerador Automático de Episódios" que eu achei outro dia na net. =]

[PERSONAGEM1] aparece fazendo [UMA COISA QUALQUER]. [PERSONAGEM 2] aparece e fala algo para o [PERSONAGEM1]. Tudo leva a crer que o [PERSONAGEM1] vai ter um piripaque qualquer e cair no chão. Mas, surpreendentemente, é o [PERSONAGEM2] que tem o troço.

CORTA PARA O HOSPITAL

A Dra. Cuddy mostra a ficha de internação do [PERSONAGEM2] para o Dr. House, mas ele dá uma desculpa qualquer e diz que não tem porque tratar do moribundo. A Dra. Cuddy dá um dado qualquer do histórico do paciente. Dr. House se interessa pelo caso.

Dr. House e sua trupe de médicos incompetentes, que só sabem fazer exames e não tem nenhum talento em diagnosticar doenças, discutem o caso. O grupo aponta vários diagnósticos. Dr. House descarta todos e diz que pode ser [DOENÇA1]. O grupo parte para fazer exames tradicionais para diagnosticar a [DOENÇA1].

Durante um dos exames, o [PERSONAGEM2] tem um outro piripaque, muito pior que o primeiro. Provavelmente na mão do Dr. Chase.

Dr. House se reúne com seu grupo. Eles apontam novas possibilidades. Dr. House traça dois possíveis diagnósticos: [DOENÇA2] e [DOENÇA3]. Dr. House decide tratar a [DOENÇA2], mesmo sabendo que o tratamento pode potencializar os efeitos da [DOENÇA3] e matar o [PERSONAGEM2]. Dr. House humilha a Dra. Cameron por ela estar num dilema ético por conta da honestidade da relação médico paciente. Dr. House humilha Dr. Foreman e manda ele invadir a casa do [PERSONAGEM2]. Dr. House humilha Dr. Chase, só por que ele é rico, boa pinta e costuma diagnosticar incorretamente os pacientes.

O [PERSONAGEM2] tem um novo piripaque. Tudo leva a crer que era realmente [DOENÇA2], mas os novos exames, feitos pelo Dr. Chase e pela Dra. Cameron mostram que não pode ser nem a [DOENÇA2], nem a [DOENÇA3]. Dr. House insiste no diagnóstico da [DOENÇA1], embora o paciente não demonstre os sintomas. House se reune com o grupo e humilha todos. House se encontra com o Dr. Wilson e tem uma conversa sobre assuntos transcendentais. Dr. House humilha Dr. Wilson, mas eles são amigos. Tudo bem.

Dr. House atende de má vontade alguns pacientes na clinica. Então, por conta de um evento desconexo e inesperado, ele tem uma idéia sobre o caso.

Dr. House vai até paciente e [FAZ UMA COISA ABSURDA]. Todos se assustam. Dr. House consegue provar o seu diagnóstico da [DOENÇA1].

Dr. House se reune com o grupo e humilha a todos. O [PERSONAGEM2] sai do hospital curado. Dr. House continua sentido dor na perna e tomando seus remédios.

[FINAL BONITINHO]


É bem por aí...

Mas não deixa de ser uma boa série! O jeito do House sarcástico e mau humorado que não deixa você abandonar! =D

E que venha a 5ª temporada!

Gerador encontrado no Google no blog 7 regras básicas

0 comentários: