Vi esse video no Portal Cab.




Mas o que tudo isso significa?

Significa que o mundo hoje em dia não para. Na verdade ele nunca parou. Mas hoje ele é mais rápido, forte, mais bruto (ui!)...

Não temos mais tempo de parar para respirar. Não temos mais tempo para simplesmente apreciar uma paisagem sem ser bombardeado de informações.

Mesmo num parque, "livres" da urbanização, mas cercados por ela, não conseguimos ficar sem olhar para outras pessoas e ver marcas em suas roupas.

Na verdade, acho que não conseguimos mais viver sem informação.

Eu gostaria muito. De ficar longe de tudo por uns tempos. Mas não agora. E não completamente.

Existe uma sede dentro de mim que busca informações que é insaciável.

Acho que o mundo está assim hoje em dia. Uma sede global de informação.

O que acaba fazendo com que toneladas e toneladas de informações inúteis transbordem a internet e saceiem um pouco de nossa sede. Mas ela vem mais forte depois disso. E não para. E não deixa a gente pensar.

E se ficamos sem, há, você sofre uma crise de abstinência. Você diz: "Ah não, que raiva, a Internet não está funcionando hoje! Não consigo acessar o Globo.com".

A gente deveria pensar: "E daí? Vou comprar um jornal!".

Sim! O Jornal contém muita informação.

Mas quem quer um jornal hoje em dia? Você pode querê-lo pela manhã, mas a tarde ele já não tem mais informações novas. Agora se ele fosse o UOL... ah! Aquele sim tem notícias "minuto a minuto", que matam a sede contemporânea!

Talvez por isso tudo o que sai na internet faz sucesso. Talvez por isso a Blogsfera, ou Blogosfera tenha tido esse BOOM. Porque eles sempre têm informações. Novas, pessoais, do mundo, suas, nossas. Têm todo o tipo de informação para todos os tipos de sede.

Quero que o mundo pare um pouco. Quero que ele deixe pelo menos nossos cérebros respirarem. Por 2 segundos.



Há... esquece... em 2 segundos já aconteceu muita coisa que precisa ser noticiada, e absorvida por outras pessoas.

Significa que não paramos mais. Significa que cada vez mais, vamos parar menos.





É hora de eu começar a fazer Yoga.

0 comentários: