Atenção, a guerra vai começar.

AVISO: Esse texto contém falas e frases utilizadas no jogo War.
Se você não entender, reserve uma noite do seu final de semana, jogue, e volte aqui para ler o texto! =]

War não é simplesmente um jogo. É "O JOGO". Ponto.

Quando você se predispõe a jogar War, esqueça quem você é. Esqueça quem são seus amigos, inimigos, parentes, vizinhos ou cachorros. Durante o jogo eles podem ser aliados ou quererem te destruir a qualquer custo.

E você será o que? O comandante dos exércitos amarelos.

Ah, o Exército Amarelo! Eles são tão... amarelos! \o/

E o que você tem que fazer? Em primeiro lugar pegue um Objetivo. (Ali ó, na minha mão!!)

Conquistar 24 territórios? Destruir os exércitos do Obama? Ou quem sabe os Peles Vermelhas?
Provavelmente conquistar a Ásia, a América do Sul e mais um continente a sua escolha.


A conquista e fundação do Azulquistão

Durante o período de uma noite, você consegue viajar o mundo todo. Da Argélia para o Brasil, do Alasca a Vladivostok, da Sumatra para a Índia pela distância de alguns pontinhos. E sem pagar nada por isso!

Tudo corre bem, quando sua estratégia corre bem. Mas não é só a estratégia que conta no War. A sorte também conta. E muito. Pois seus ataques são feitos através de dados vermelhos, e a defesa através de dados amarelos, seguindo a regra universal de "empate a defesa ganha".
O exército do Obama descobriu isso cedo, e saiu logo do jogo.

Até o dado momento (trocadalho do carilho) em que você está prestes a conquistar toda a Oceania e finalmente ganhar 2 exércitos a mais em cada rodada, e isso acontece:

O momento em que você desiste e passa a rodada sem conquistar nenhum território, pois sabe que a sorte não está do seu lado.

Você percebe que a sorte não vai colaborar. Pelo menos não nessa rodada.
Pois logo a seguir você tem de se defender de um belo ataque de 3 contra 1, sendo que o ataque foram 3 números "6".

E você tira simplesmente o 1% de probabilidade possível:

SEEEEEEEEEIS na defesa!

E depois disso você começa a achar que a sorte ficará do seu lado pelo resto do jogo. Certo?
Engano seu, meu pequeno padawan.
Quando você percebe a sorte vira para o lado Azul e Vermelho da mesa e você se vê apenas com 1 território:

A última batalha do Exército Amarelo

E assim, com 53 exércitos em 1 território, você faz sua última tentativa de conquistar o mundo. Obviamente não consegue. Mas quando todos esperam que os exércitos azuis irão ganhar o jogo, o exército vermelho conquista 24 territórios, após não conseguir destruir os exércitos brancos.


Pink: O que vamos fazer essa noite cérebro?
Cérebro: O que fazemos todas as noites, tentar conquistar a Sumatra e Madagascar!

Com isso deixo recomendado a todos que joguem War e sintam o prazer de ser o Cérebro por uma noite. Mas reservem uma noite inteira para isso.
Ou mais.

Porque não se conquista o mundo de uma noite pra outra. No máximo a Oceania, a Europa e mais um continente a sua escolha! =]

6 comentários:

Fábio disse...

Um grupo de 8 amigos sai pra jogar war.
Ao fim da sessão tornam-se 2 grupos de 3 amigos e 2 inimigos soltos poraí

Tato disse...

Hahaha! War é animal, pena que perdi a rodada...
Meu sonho no jogo sempre foi conquistar a Oceania, mas eu sou péssimo....kkk Mesmo assim, AGORA EU PRECISO JOGAR WAR!!! ARGGG!!!!

xD

Tio disse...

Eu nunca joguei war direito! Não tive pessoas o suficiente para jogar haahah

mas um dia a gente marca e joga! e eu conquistarei a tal da Dudinka! haha

Vi Veri Veniversum Vivus Vici!

arroxo!

Ps: teu irmao ta parecendo o Boy George na foto ahhahha

Juliana Barbosa disse...

eu queroooooooooooooooo
vc tá me devendo uma noite de jogativa o/
hunft
beijomeliga*

MuKa disse...

MANOOOO o meu é AMARELO =/

seu ladro

UHAhuAuhAuhAUhUHAHAUA

Jux disse...

eu juro q pensei q tivesse comentado isso aki!!
naum sei o q foi o melhor da noite: a criação do azulquistão, eu saindo da america do sul e chegando no JAPÃO, ou...
O FATO DE QUE EU GANHEI!!

pra tudo tem uma primeira vez naum é meu caro?
beijo!!