Então, vamos nostalgiar um pouco?

Até a década passada, o mais comum de se ver por aí eram videocassetes, os famosos VHS. Sabe o que é?!

"O vídeo cassete (ou videocassete), também conhecido por V-K7 ou pela sua sigla inglesa VCR(Video Cassette Recorder), é um aparelho eletrônico capaz de gravar e reproduzir imagens que são registradas em fitas magnéticas acondicionadas em caixas plásticas (cassetes) para facilitar o manuseio. Ele é o sucessor do video-tape gravador de imagens que ujtilizava fitas magnéticas em carreteis plásticos. Inicialmente os videocassetes eram dirigidos ao mercado amador, mas com o tempo a tecnologia foi aperfeiçoada e usada para fins profissionais. Dependendo das características físicas da caixa e da fita bem como das especificações técnicas de gravação e reprodução da imagem, foram definidos diferentes "formatos" de videocassetes como o Betamax, VHS, Betacam e outros." via Wiki

Aparelhos que faziam uma mágica: Gravavam programas de TV em Fitas Cassete! Uau!
E o melhor, já assistiu? Não quer nunca mais ver aquela festa de 3 anos do seu primo?! Você podia gravar por cima!

Até que chegaram os DVDs. Ah! Qualidade de imagem e som! Tudo em um diquinho! Que maravilha! Hoje em dia tem até os "Blue-Ray", com uma qualidade que dá pra ver até as rugas dos atores de Hollywood.

E todo mundo comprou os aparelhos de DVD, ou se você tem mais dinheiro, já deve ter comprado seu PS3.


Com audio foi a mesma coisa. Existiam as Fitas K7 , em que você podia gravar e desgravar tudo.

"A fita cassete ou compact cassete é um padrão de fita para gravação de áudio lançado oficialmente em 1963, invenção da empresa holandesa Philips.

O cassete era constituído basicamente por 2 carretéis, a fita magnética e todo o mecanismo de movimento da fita alojados em uma caixa plástica, isto facilitava o manuseio e a utilização permitindo que a fita fosse colocada ou retirada em qualquer ponto da reprodução ou gravação sem a necessidade de ser rebobinada como as fitas de rolo. Com um tamanho de 10cm x 7cm, a caixa plástica permitia uma enorme economia de espaço em relação às fitas tradicionais." via Wiki também

Aí veio a era do CD, com som digital e tudo mais! Oh! Que maravilha de som! Que qualidade.

Então colocaram o CD no computador e transformaram tudo em .mp3, para que possamos carregar nossas musicas em aparelhos, gravar e desgravar a hora que quisermos!

Evolução Ok.


Mas, e agora, como eu GRAVO os meus programas de TV!?

Existem aparelhos no mercado que gravam DVD e tudo mais...
Mas ninguém tem pelo seu preço excessivo e pela falta de popularização do aparelho.

Será que já não está na hora de popularizar isso!? Eu poderia muito bem aposentar o VHS que eu tenho em casa, mas não faço porque ainda não tem algo que substitua ele 100%.


Agora eu me pergunto e pergunto pra vocês também: Isso é evolução!? oò

E responda a minha pesquisa aqui e no Twitter(http://twitter.com/gcorrochano):
Você tem videocassete em casa?

@larissapalmieri não, quer dizer, tenho um quebrado.
@
missila Tem videocassete aqui em casa... só que esta desligado.
@
cdontal Se eu tiver videocassete aki em casa, ele deve estar bem escondido, numa zona proibida!
@MukaSpider AHHHHHHHHH, noss nem tenho mais man, se eu tinha, ja era molhou na lage , UHAhuAHuAHUUHAuhA , mas se eu achar eu te falo !
@tilue eu não tenho video K7

3 comentários:

.tio. disse...

Cara, se eu tiver videocassete em casa, deve tá mto bem escondido! hahaa

e é verdade, akelas fitas k7 fazem td o q um morcego morto nao faz!!

sacanagem, eu tbm queria gravar coisas da tv!!

arroxo!

Larissa Palmieri disse...

Nossa, o que eu já estraguei de fita cassete não tá escrito, tanto de vídeo quanto de audio.

Hoje em dia o pessoal usa placa de captura no computador pra gravar os programas, só que é muito caro e precisa ter um puta espaço no hd.

deu saudade até de gravar as coisas em K7, caramba.

Fábio disse...

Olha eu nem toco em fita.
Hj em dia vc BAIXA seus programas de TV.

E vc se rendeu ao twitter... a diferença entre um autista e um twittero eh que o twittero tem computador